A ECONOMIA ZAPATISTA: RETRATOS DE
UNA INSURREICAO
AUTONOMA.

Por Liz Natalia Soria.


INDICE

    Introdução.

    Capítulo 1
    A resistência zapatista: a construção de um posicionamento autônomo.

    1. As forças da revolução mexicana e o posicionamento inicial do zapatismo.

    2. Resistência zapatista e a ruptura da aliança com Francisco I. Madero.

    3. Plano de Ayala: a expressão de uma revolução em curso.

    4. Contra a lei e a ordem, a persistência de um posicionamento autônomo.

    Capítulo 2
    A economia do maíz e a restituição de terras no levante zapatista.

    1. Organização comunitária e mesoamericana.

    2. Organização entre pueblos, o levante “em paralelo”.

    3. Restituição de terras – a unidade entre os pueblos e o Quartel General zapatista.

    Capítulo 3
    As novas formas de produção no território zapatista.

    1. A invasão do açúcar em Morelos.

    2. Zapatismo contra haciendas, avanço e resistência.

    3. Fábricas Nacionais.

    4. O zapatismo em movimento, outras organizações não-tradicionais.

    5. “Los campesinos tienden la mano a sus camaradas de la ciudad…”.

    Considerações finais.

    Referências bibliográficas

     

.
Fuente:


Liz Natalia Soria.
A economia zapatista: retratos de
una insurreicao autonoma.
Tesis doctoral. Universidad de Sao Paulo.
Facultade de Filosofía, Letras e
Ciencias Humanas. Sao Paulo,
Brasil, 2019. 135pp.