ARMAS E CENAS:
REPRESENTACOES
CINEMATOGRAFICAS DA
REVOLUCAO MEXICANA.

Por Ernando Brito Gonçalves Junior.


INDICE

    INTRODUÇÃO.

    Capítulo I - A revolução Mexicana: interpretações e olhares.

    1.1 - A Revolução Mexicana interpretada nos albores do século XXI.

    1.2 - A Revolução Mexicana no Cinema Mexicano.

    1.3 - A Revolução Mexicana no cinema dos Estados Unidos.

    Capítulo II - A Revolução através da tela dos Estados Unidos.

    2.1 - Viva Villa e a criança Revolucionária.

    2.1.1 - Contexto de Produção do Filme “Viva Villa!”.

    2.1.2 - Produção do filme “Viva Villa!”.

    2.1.3 - Sinopse de “Viva Villa!”.

    2.1.4 - Analise da Narrativa Fílmica.

    2.2 - O “Caudillo del Sur” de Elia Kazan e John Stein.

    2.2.1 - Contexto social e político do filme “Viva Zapata!”.

    2.2.2 - Produção do filme “Viva Zapata!”.

    2.2.3 - Sinopse do filme “Viva Zapata!”.

    2.2.4 - Análise da Narrativa Fílmica.

    Capítulo III – A Revolução Mexicana através das lentes do México.

    3.1 - Vamonos Com Pancho Villa e a crítica sobre a Revolução.

    3.1.1 - Contexto de produção do filme “Vamonos con Pancho Villa!”.

    3.1.2 - Produção do filme “Vamonos con Pancho Villa!”.

    3.1.3 - Sinopse do filme “Vamonos con Pancho Villa”.

    3.1.4 - Análise da Narrativa fílmica.

    3.2 - Zapata como herói nacional de Felipe Cazals e Antonio Aguilar.

    3.2.1 - Contexto social e político do filme “Emiliano Zapata”.

    3.2.2 - Produção do filme “Emiliano Zapata”.

    3.2.3 - Sinopse do filme “Emiliano Zapata”.

    3.2.4 - Análise da Narrativa Fílmica.

    Considerações Finais.

    Referências.

    Anexos.

.
Fuente:


Ernando Brito Gonçalves Junior.
Armas e cenas: representações cinematográficas
da Revolução Mexicana. (1934 - 1970)
Universidade Federal do Paraná.
Curitiba, Brasil, 2016. 242pp.